Histórico
 25/06/2006 a 01/07/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 05/06/2005 a 11/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 22/05/2005 a 28/05/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 08/05/2005 a 14/05/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 17/04/2005 a 23/04/2005
 10/04/2005 a 16/04/2005
 03/04/2005 a 09/04/2005
 27/03/2005 a 02/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 27/02/2005 a 05/03/2005
 20/02/2005 a 26/02/2005
 13/02/2005 a 19/02/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Ademir Assunção
 Claudio Daniel
 Carolina Libério
 Jane Maciel
 Joca Reiners Terron
 Ricardo Aleixo
 Revista Zunái
 Revista Etcetera
 Joacy Jamys
 Instituto Itaú Cultural
 Peanuts
 Rodrigo Pereira
 Rodrigo Pereira II
 Pataugaza
 Tássia Arouche
 Zema Ribeiro
 Bruno Barata
 Bruna Barbieri
 Xico Sá
 Makely Ka
 Bruno Brum
 Manu Maia
 Gisele Nunes Brasil (Lucy)
 André Lucap
 Coletiva Turba
 João Paulo Cuenca
 Marcelo Sahea
 Malvados
 Joan Brossa
 Mario Bortolotto
 Heriberto Yépez
 Daniel Galera
 Daniel Pellizzari
 Marcelino Freire
 Paulo Stocker
 poets.org
 POP BOX
 P. Leminski
 Augusto Paim
 Nona Arte
 Elisa Andrade Buzzo
 Roberto Kenard
 Daniela Lima
 Marcos Ramon
 Ronald Robson
 Edward Lear
 Dyl Pires
 Lacuna Inc.
 Carol Mello
 William S. Burroughs
 Gabriel Sunda
 Normal Project
 Jana Campos Lobo


 
 
o trompetista gago: :reuben


Eu agora escrevo aqui ó: http://www.claraonline.com.br/colunista.php?id=20



Escrito por quem gritou foi o reuben às 00h38
[ envie esta mensagem ]



tchau

Eu não vou mais escrever aqui.

 

Agora que já consegui fama, dinheiro e uma amante em cada continente, o blog perdeu o sentido.

 

Vou mantê-lo no ar durante um tempo, depois disso passará a morar apenas em vossos corações.

 

Meu email é reubendacunha@yahoo.com.br

 

Se daqui pra frente eu sentir vontade de mostrar alguma coisa para alguém, eu mando pro seu email, caso o tenha. Azar o seu que eu tenha seu email.

 

Uma última notícia.

 

Tá pra sair o primeiro número da Revista de Autofagia. Editada lá em BH, pelo Makely e pelo Bruno Brum. Eu espero coisa muito boa dali. Conheço o livro do Makely, algumas músicas também. O livro do Bruno eu não li ainda. Mas se tem um blog que eu visito todos os dias é o dele. Esse cara me faz tão mal quanto o Malvados.

 

Enfim, é isso.

 

Ah, mais uma coisa.

 

Essa foto aqui, do Daniil Kharms, que é o cão:Daniil Kharms (1905-1942)

 

Fiquem com o cão.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 02h13
[ ] [ envie esta mensagem ]



o homem na caixa

Gostei bastante deste site, quem me apresentou foi o Marcelo. Maravilha, maravilha, maravilha para gente torpe como eu, que adoece de preguiça só de pensar em baixar arquivos de qualquer tipo, ainda que músicas. É mais ou menos o seguinte: você digita lá o nome de uma banda e eles criam uma estação de rádio com músicas dela e de outras na mesma linha. É possível editar a estação, claro, ou criar várias delas, oba. Que ficam lá, para sempre. Digo que é mais ou menos assim porque também fiquei com preguiça de entender tudo. Talvez por isso não tenha sinceramente entendido o motivo pelo qual minha Marilyn Manson Radio toca Stereophonics, ou minha Radiohead Radio toca Sammy Hagar.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 19h35
[ ] [ envie esta mensagem ]



uma lombra

 

http://www.reuben.org/



Escrito por quem gritou foi o reuben às 22h29
[ ] [ envie esta mensagem ]



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Escrito por quem gritou foi o reuben às 17h34
[ ] [ envie esta mensagem ]



Bate a porta do carro, mete a chave no contato e sai riscando o asfalto, tudo ao mesmo tempo. Você sabe que eu sempre ando com aquele abridor de garrafas no bolso, para emergências como essa.

 

Eu presto atenção no que você fala enquanto arranco a sola do meu pé direito com o abridor de garrafas. Não completamente, há uma tira de couro ligando o dedão do meu pé direito à sola do meu pé direito quando você pára de falar e bate a porta do carro na minha cara.

 

A sola do meu pé direito cola à pele do pneu quando você dá a partida, aos poucos minha pele cede, o enorme esparadrapo que é minha pele. Qualquer pele. A sola do meu pé direito, a pele da minha perna direita, minha coxa.

 

Minha barriga, meu peito, a pele do meu pescoço.

 

Você está correndo como uma louca quando a minha cara é arrancada pela pressão do seu automóvel. Mas meus óculos caem no chão e por causa do barulho da resina quebrada você olha para trás.

 

Desce do carro com horror. Eu estou no mesmo lugar e espero por você que se aproxime. Você chora por causa da minha aparência e quase vomita quando eu digo.

 

Quero ver você olhar na minha cara agora e dizer que me conhece.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 23h32
[ ] [ envie esta mensagem ]



há uma semana não saio do mesmo lugar

Lembro de uma vez em que um cara encrencou com Dedé Ferreira. Dedé e o cara iriam tocar na mesma noite, no mesmo bar. Não prestei atenção no motivo da encrenca, claro. Mas não esqueço da hora em que Dedé encerrou a conversa assim: “eu não sou seu concorrente. Você não vai nunca fazer o mesmo som que eu”.

 

Dedé Ferreira foi embora pro Recife, mas deixou um disco por aqui. Canções artesanais. Tentei colar a capa aqui, mas sou meio burro, não deu.

 

Há poucas cópias, que ficaram na mão do Jorge Choairy (jchoairy@elo.com.br ou 99732112 ou 32276706) e custam 10 reais. Cada uma delas, é o que quero dizer. Eu não podia deixar de divulgar por aqui. O disco é bom pra caramba, e sabe como é, falar bem dos amigos é uma ótima pedida pra uma manhã de segunda.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 09h11
[ ] [ envie esta mensagem ]



Madame Lúcifer gosta de comer os meus olhos com mel. Isto não é uma metáfora. Uma metáfora é o nome de Madame Lúcifer, Madame Estrela da Manhã, Madame Sol. Madame Lúcifer não tem um sol tatuado nas costas, não tem uma estrela na testa. Madame Lúcifer tem uma língua de três pontas só para me cegar. Fura os meus olhos e aguarda pelo mel que escorra e quando escorre, Madame Lúcifer me ama quando o mel escorre. Sabe que eu só tenho dois olhos, sabe onde me ferir com a outra ponta da língua. Madame Lúcifer sabe esquecer um delicado fio de mel escorrendo pela boca quando passa. Madame Lúcifer passa como ninguém. Sabe que eu invento um relâmpago quando ela arranca meus olhos com a língua e come. Madame Lúcifer gosta de comer os meus olhos com mel. Meus olhos não param quietos quando Madame Lúcifer passa.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 11h08
[ ] [ envie esta mensagem ]



bato o pé

e parto

pé sobre pedra

ao deixar

a tribo

um olho

na lua outro

na lama

uma

banana

para o rei

minha tribo

é meu

inimigo

minha

ilíada é minha

lei



Escrito por quem gritou foi o reuben às 10h40
[ ] [ envie esta mensagem ]



Beckett aos 100 anos

Beckett Profile

O gênio mais feio da história da literatura está completando 100 anos. Aliás, Samuel Beckett me surpreendeu com um telefonema esta noite. Emputecido por eu ter esquecido de seu centenário, só foi demonstrar alguma animação quando comentamos o quanto é linda aquela menina que fez Anjos da Noite (Sam diz que é legal, mas nós sabemos que não é não). Depois acabamos falando daquelas coisas de sempre. De como ele ajudou na criação do Finnegans Wake. De como é uma frescura infinita os brasileiros comemorarem o Bloomsday. De como o pessoal do teatro é tão engraçado justamente por se levar tão vergonhosamente a sério. Eu, que sou este baluarte da sensatez que todos conhecem, até tentei dizer que era assim em todo lugar, até na fila do Hiper Bom Preço. Mas ele estava afim mesmo era de falar. Essas são as melhores conversas. O cara liga e fala. Eu fico só me divertindo. Taí um velhinho gente boa.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 23h01
[ ] [ envie esta mensagem ]



Ubu Rei

Alfred Jarry, patafísico, com seu guarda-chuva verde e suas duas pistolas

atirando enquanto anda pelas ruas.

 

Imagino Alfred Jarry atirando para o alto enquanto anda

e enquanto algum passante se aproxima, para inquiri-lo sobre o guarda-chuva verde.

 

Alfred Jarry atira para o alto

como quem diz

Baudelaire freqüentava vossas festas com os cabelos

tingidos de verde ou

Destruir é destruir inclusive os escombros e depois

machuca a calçada com o guarda-chuva,

tomando muito cuidado para que as pegadas se precipitem.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 22h44
[ ] [ envie esta mensagem ]



BOULEVARD BAUDELAIRE

com um

diamante

entre os

dentes

enquanto

o mundo

morde

a barra

da sua saia

você corrói

as unhas do

tédio enquanto

a vizinha

entrega

os pontos você

lambe a

cara do cão

enquanto

os outros parem

agonia pelos

poros

reunindo restos

de alegria

enquanto você

vira a mesa

a miss

entope a solidão

c/ adoçante

zero cal

enquanto

tudo isso eu

endoideço

com as sobras

de sol

que faíscam

da sua boca

mordiscando o

diamante

 

(esse aqui é pra Jana e Manu. Que vão embora antes de mim)



Escrito por quem gritou foi o reuben às 10h35
[ ] [ envie esta mensagem ]



da série É Por Aí, Meu Filho

Se alguma vez recuperar o vigor e a energia que já possui, então desabafarei minha cólera através de livros horripilantes. Quero incitar toda a raça humana contra mim. Seria para mim uma volúpia que me compensaria por tudo.

 

Charles Baudelaire, em carta a sua mãe, 23 de dezembro de 1865.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 21h10
[ ] [ envie esta mensagem ]



#

Aquele homem corta as pontas dos dedos como outros homens aparam o excesso de suas unhas.

 

A idéia da poda surgiu quando o homem contava 9 anos de idade, providenciada (a idéia) pela clareza de pensamento de sua professora de ciências. Até então o homem exibia os dedos enormes, que se enredavam e emaranhavam ao acaso, divertindo o resto deles, dos homens, desejosos de bizarria.

 

A professora, com o auxílio de uma tesoura sem ponta, encarregou-se da incisão, desagradando os seres humanos e comovendo a comunidade científica.

 

Fácil não foi. Bonito, idem. Enroscados desde o talo, não se distinguiam os dedos, sendo grande o risco de talhá-los equivocadamente. Fácil não foi. Bonito, idem. Mas funcionou.

 

As primeiras semanas após a intervenção cirúrgica foram para o homem semanas de desconforto. Ajeitados os dedos, faltava-lhes um sentido. Satisfeitos com a inércia, nela permaneceram. Por semanas o homem saiu à rua balançando seus extremos inúteis, até que, graças à teimosia do resto do corpo, ou à pressão da professora, ou à expectativa do corpo social como um todo, ou à esperança que não morre senão de inanição, ou ao caos e o acaso, os dedos agiram, as mãos pegaram, ó.

 

Aí os dedos começaram a crescer novamente, como crescem novamente as unhas.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 13h05
[ ] [ envie esta mensagem ]



(André Lucap musicou este poema)

 

minha doce anjo

não me peça pressa

mais depressa do que isso

só se for um míssil

que nos dê sumiço

até o final do dia

 

minha doce anjo

deixe disso de difícil

antes que eu desapareça

por nada no mundo esqueça

estaremos sós até o final

do dia



Escrito por quem gritou foi o reuben às 11h35
[ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]