Histórico
 25/06/2006 a 01/07/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 05/06/2005 a 11/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 22/05/2005 a 28/05/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 08/05/2005 a 14/05/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 17/04/2005 a 23/04/2005
 10/04/2005 a 16/04/2005
 03/04/2005 a 09/04/2005
 27/03/2005 a 02/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 27/02/2005 a 05/03/2005
 20/02/2005 a 26/02/2005
 13/02/2005 a 19/02/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Ademir Assunção
 Claudio Daniel
 Carolina Libério
 Jane Maciel
 Joca Reiners Terron
 Ricardo Aleixo
 Revista Zunái
 Revista Etcetera
 Joacy Jamys
 Instituto Itaú Cultural
 Peanuts
 Rodrigo Pereira
 Rodrigo Pereira II
 Pataugaza
 Tássia Arouche
 Zema Ribeiro
 Bruno Barata
 Bruna Barbieri
 Xico Sá
 Makely Ka
 Bruno Brum
 Manu Maia
 Gisele Nunes Brasil (Lucy)
 André Lucap
 Coletiva Turba
 João Paulo Cuenca
 Marcelo Sahea
 Malvados
 Joan Brossa
 Mario Bortolotto
 Heriberto Yépez
 Daniel Galera
 Daniel Pellizzari
 Marcelino Freire
 Paulo Stocker
 poets.org
 POP BOX
 P. Leminski
 Augusto Paim
 Nona Arte
 Elisa Andrade Buzzo
 Roberto Kenard
 Daniela Lima
 Marcos Ramon
 Ronald Robson
 Edward Lear
 Dyl Pires
 Lacuna Inc.
 Carol Mello
 William S. Burroughs
 Gabriel Sunda
 Normal Project
 Jana Campos Lobo


 
 
o trompetista gago: :reuben


Às vezes eu tenho medo das coisas que você fala, às vezes elas fazem sentido demais. Quando uma coisa faz muito sentido eu tenho a impressão de que as outras perdem. Sentido. Às vezes eu penso que só você existe, por exemplo. Mas aí você estaria falando sozinha, você estaria falando sozinha desde que eu vim morar com você. Isso já faz um tempo. Ninguém consegue falar sozinho por tanto tempo. Uma hora você percebe e fica meio com vergonha. Não no começo. Mas depois de um tempo você precisa de uma resposta, uma resposta que você não saiba.

 

Você está aí?

 

Às vezes eu acho que se eu existisse de verdade alguém já teria vindo me procurar.

Você tem razão.

O que eu iria ganhar com isso?

 

CHARLIE BROWN: Às vezes quando não consigo dormir, fico imaginando se minha vida seria diferente se eu pudesse recomeçar. Aí aparece uma voz que diz Nossa, Que Idéia Original.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 21h40
[ ] [ envie esta mensagem ]



enquanto sonho com o oeste selvagem

1. Agora é sério, passem lá. Poets.org, linkado aí do lado, lá embaixo. Tem até uns arquivos de áudio, Ginsberg falando "Para onde nós vamos agora, Walt Whitman?", etc e tal.

2. Chatice. Política é a religião oficial dos universi(o)tários. Uma religião que só tem o inferno. Já não dei eu provas suficientes de minha falta de fé, Jeguerê?



Escrito por quem gritou foi o reuben às 22h55
[ ] [ envie esta mensagem ]



Lá fora é o hospício, meu amor. O cinema dos loucos. Lá fora se cultivam doenças ainda piores. Não há nada lá. Fora daqui é a corrida maluca, o fim da linha. O ponto sem nó. O ó do borogodó. Essas pessoas não existem, meu amor. Se essas pessoas existem nós dois não podemos existir. Fora daqui é Roma. HÁ UMA EPIDEMIA DE HOMENS LÁ FORA.



Escrito por quem gritou foi o reuben às 12h09
[ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]